quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Mais do mesmo

A roda viva segue girando, girando e girando ...

Nada de positivo acontece, tudo de negativo cresce ...

2 comentários:

fernanda disse...

nossa fico feliz de saber que vc pensa assim!!!

mesmo assim... te amo

bjos

mandiócrates disse...

Sua resposta se resume ao seguinte: existem pessoas boas e pessoas más e as más podem ser mortas de maneira covarde como foi o Nilton.

Ninguém precisa ser santo pra ter direito à vida. Se ele atirava pedras, que fosse detido e julgado, sem coronhada nem tiro ou algo do tipo. A ação do policial foi sim covarde e desnecessária, de uma violência absurda. O torcedor estava rendido, se ele era bonzinho ou malvadão não importa para o ato.

Não dá pra ficar brincando de julgamento moral dos torcedores assassinados. Até porque todas as pessoas do mundo fazem besteiras e nem por isso merecem morrer ou serem tratadas como lixo. E o ato não é só pela morte do Nilton, a morte dele representa algo bem maior e que está claro no texto.