sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Triste

estupro
es.tu.pro
sm (lat stupru) 1 Atentado ao pudor cometido com violência.
2 Coito sem consentimento da mulher e efetuado com emprego de força, constrangimento, intimidação ou decepção quanto à natureza do ato; violação. (Quase sempre empregado quando a vítima é menor de idade.)

Não podemos pensar que o que aconteceu em Joaçaba seja normal. Não é falso moralismo e muito menos hipocrisia. Julgar também sem saber o que de fato ocasionou o suposto estupro tamém não é o certo, nada nessa história está certo.
Eu prefiro levantar questões que realmente importam e não querer passar um sensacionalismo barato como os meios de comunicação querem passar.

- Os pais/responsáveis sabiam da festa ?
- Os pais/responsáveis deixaram a menina ir a festa ?
- A menina mentiu para os pais/responsáveis, dizendo que iria dormir na casa de uma amiga ?
- A menina saiu escondida dos pais/responsáveis, por saber da resposta negativa ?

É lamentavel que o comportamento de uma parte dessa molecada hoje em dia seja de ruim para péssimo. Eu não sei de quem é a culpa, e nem quero saber. Acho que a culpa é da chamada "evolução da humanidade". Vivemos em um momento que o caos de informação aumenta em níveis, onde crianças de 5 anos já sabem o que é um blog, orkut, mas não sabem o que é se comportar em casa, respeitar os pais.

Sabem o que é novela, sabem o que é beijar na boca e sabem o que é sexo.
Mas não sabem o estado em que moram, o nome da capital de Pernambuco e o que é fotossíntese.

É hipocrisia pura e me incluo nessa lama, porque desde muito tempo, certos valores que deveriam ser obrigatórios em cada pessoa, hoje são declarados como virtudes, "olha, aquele sujeito, devolveu a carteira do rapaz que desceu do ônibus, é um herói." dizem os espectadores ! Oras, isso é o dever de cada um ! Ser honesto.

Num país em que policiais que tentam salvar o que resta de lixo são investigados por tentarem prender bandidos, estelionatários, estupradores, e por motivos "desconhecidos" são afastados e questionados por abuso de autoridade.
Num país em que "políticos" que mal sabem escrever o próprio nome fazem parte de uma máquina de ganhar dinheiro a custas do povo tem imunidade, certas coisas passam como normal, sendo que não podemos pensar assim.

Sou muito realista quanto ao caminho em que a situação anda, nem pessimista e nem otimista, mas conhecedor que dificilmente algo pode mudar para melhor !
É triste pensar desse jeito, mas é a realidade.

O que aconteceu em Joaçaba, acontece em Nova York, Paris, Toquio, meninos e meninas perdidos. Crianças lançadas no mundo da internet, das informações rápidas e repito, de nenhuma estrutura familiar ! Não existem limites, não existem regras.

Se o futuro da humanidade são os "jovens", temo pelo futuro ...

2 comentários:

fernanda disse...

nossa que desabafo xu

te amo amor

bjão

1nefi1322 disse...

Poutz! Queria falar sobre esse assunto no meu blog, mas e a idéia? E você falou muito bem, é bem assim mesmo as coisas. Vai saber o que a menina falou aos pais antes de sair? E que vergonha os pais terão em saber que a menina foi estuprada porque estava bêbada. Eles acharão que não conseguiram dar exemplo.
Eu não sei da minha reação se eu fosse mãe dessa garota. Acho que, além de correr atrás dos criminosos (sim, é um crime), eu ainda falava na cara dela "na próxima vez que você beber, não venha chorar as pitangas".

Tá tudo errado! Tá tudo errado!

Tá muito legal seu blog! Parabéns e bem vindo à blogosfera!

Abraços!